Negritude

Trabalho de resistência. Porque resistir é preciso e dá lucro!

1467299298-OBNPQoOxIRLr9CPt1D5PrCQKF_

Era mais um dia de batente, quando entrou no salão de beleza uma mulher cabisbaixa, deprimida, que escondia seu cabelo natural com uma peruca lisa. Ela viria a se tornar mais uma das clientes de Luiz, que após ter tido uma experiência fracassada com guanidina – substância agressiva para relaxar a estrutura capilar – resolveu entregar os fios nas mãos do cabeleireiro especializado em crespos. Após uma conversa de quarenta minutos, ela contou que foi obrigada no trabalho a alisar seu cabelo e estava com a autoestima fragilizada. (mais…)

0 comment

“Tem minha cor?” Veja o que releva o atual cenário brasileiro de cosméticos

FullSizeRender (13)

Em 2013, no início do blog, eu escrevi um texto falando da dificuldade que nós negros temos para encontrar maquiagem. Do alto de minha ingenuidade, eu falei que a indústria não era racista, mas hoje, depois de pesquisar com aferro o tema, eu volto para escrever sobre a função dos primeiros cosméticos destinados a nosso tom de pele e provar que hoje não é bem assim. (mais…)

9 Comments

1 2 3 4